<BGSOUND SRC="http://www.mp3shits.com/download/download.php?skey=5f35a572561e62823f509989241e2235&key=767589" LOOP="INFINITE">

21 Fevereiro 2006

Como lidar, quando surgem, com os sintomas de esquizofrenia


Caso se depare algum dia com sintomas de esquizofrenia num seu familiar ou amigo, estará tanto mais apto a ajudá-lo quanto mais conhecimentos tiver acerca da doença. É importante tentar compreender o que a pessoa está a viver e porque é que este distúrbio causa uma perturbação e um comportamento tão difícil. (Por exemplo, é essencial saber que quando as pessoas estão a alucinar ou a ter delírios, as vozes que ouvem e as coisas que vêem são muito reais para elas. Não se deve discutir, nem ficar assustado, nem se deve divertir ou “gozar” com a situação. É importante permanecer calmo, indicando assim que se está a tentar compreender como o doente se está a sentir e ajuda-o a sentir-se seguro e mais orientado.

74 Comments:

At 14 Julho, 2008 15:59, Anonymous Anónimo said...

GOSTARIA DE SABER MAIS A RESPEITO, PORQUE CUIDO DE UM AMIGO ESQUIZOFRENICO, E TENHO SOFRIDO MUITO COM O QUE ELE DIZ.

 
At 29 Agosto, 2008 19:43, Anonymous Anónimo said...

O marido é esquizofrênico e se voltou contra a esposa,inventando situações absurdas de traições, doenças sexuais, tem o ato compulsivo de rezar,ler Bíblia, ir à missa, só fala no mal, no pecado,é muito agitado, insuportável, autoritário,manipulador,não aceita fazer o tratamento e a família tem condições financeiras para tratá-lo, mas ninguém sabe como convencê-lo a ir ao médico, já que o paciente é muito difícil de lidar. O QUE FAZER? ESTOU DESESPERADA.

 
At 30 Novembro, 2008 17:09, Anonymous Anónimo said...

Situaçao identica a minha. Tenho vivido durante os ultimos anos em outra cidade. é insuportavel. Não sei como ajudar. Tentei me separar por diversas vezes, mas ele não aceita. Já fiz terapia e fui aconselhada a ignorar falas, atitudes...O que fazer?

 
At 10 Dezembro, 2008 10:00, Anonymous Anónimo said...

como lidar com minha mãe que tem esquizofrenia e algumas vezes se volta contra mim me atacando moralmente com muita agressividade. Não aceita se tratar e não enxerga que tem a patologia. Tenho sofrido muito já são mais de 20 anos e apesar dos episódios terem diminuído, recentemente recomeçaram com muita intensidade. Como reagir na hora que ela estiver tendo crise?

 
At 28 Fevereiro, 2009 00:11, Anonymous ney said...

amigos neste mundo não ha nada dificil, dificil esta na nossa cabeça fraca, quando somos forte e acreditamos nisto realmente não ha dificuldade alguma, pare de ficar chamando deus, aja por sua conta e risco, acredite estar fazendo o melhor se ele te agride agrida tambem com firmesa como fazem nas clinicas, pessa ajuda, mete o pau mostre a ele quem manda no pedaço, coloque sempre o amor à frente,mas faça como dizem que jesus fez com os vendedores de pombas no templo, meteu o cajado, esquisofrenia são crises momemtanias e passageiras,o resto é sem vergonhice é se aproveitar da situação. hora de tomar o remedio, tomar, hora de almoçar , comer,vc vai ver como tudo vai mudar para vc e para o doente, amar muito, molesa nunca, fé em vc que tudo vai dar certo, é assim que eu faço e pra mim tudo da certo.

 
At 25 Março, 2009 17:41, Anonymous Anónimo said...

Olá!

Chamo-me Joana e sou aluna de Serviço Social e neste momento, estou a realizar um estágio curricular na Associaçao de Educação e Apoio para a Esquizofrenia,no Hospital Julio de Matos. Como tal, tenho um relatório de estágio a realizar como trabalho final de curso.
E gostaria de fazer um estudo de casos sobre doentes com esquizofrenia, de forma a fazer uma análise sociológica.
Para tal, seria muito enriquecedor recolher testemunhos de doentes e familiares de pessoas que sofrem de esquizofrenia.
Gostava muito de contar com a vossa ajuda, caso pudessem contar um pouco da vossa história, de como tudo começou até agora.
Deixo portanto o meu mail para que possam entrar em contacto comigo.

jufgrodrigues@hotmail.com

Agradeço a atenção.

Joana Rodrigues

 
At 27 Março, 2009 17:16, Anonymous Anónimo said...

oi meu nome é rosana pois meu irmão tem esquizofrenia e todos da familia estão sofrendo e fazendo ele sofrer muito gostaria de ajuda das pessoas ou de um profissional pois ele tem 21 anos e não sabemos como ajuda-lo com esta doença se alguem puder me ajudar muito obrigada.

 
At 08 Abril, 2009 02:16, Anonymous Patricia said...

meus queridos amigos..
tenho um tio que sofre de esquizofrenia infelizmente ele perdeu quase tudo que ele tinha que era a familia dele a mulher e os filhos, hoje ele mora com minha mãe porque minha se preocupa muito com ele, porque já teve outro caso desse em minha familia com meu tio mais novo mais infelizmente ele não aguento a pressão e se suicidou- se, por isso venho a escrever tenho 14 anos anos e percebi diversas coisas em relação a esse comportamento, acredito q meu tio tenha uma força que possa ajudalo a enfrentar esse problema mais um dois meios é aceitando a doença em primeiro lugar, depois deve receber apoio total da familia, pois no caso do meu tio ele pode ter uma vida normal só basta ele tomar os remedios corretamente, por isso incentivo ele,porque ele tem uma vida inteira pela frente, e essa vida deve ser vivida com alegria não com sofrimento ele deve deixar esse sofrimento de lado e viver a vida pois tem mtas pessoas que estão em situações um pouco piores como por exemplo uma pessoa soro positivo quando ela sabe fik paralizada mais mesmo assim tem mtas pessoas q ñ desistem, tentam viver cada minuto da vida como se vc unico,pq eles ñ sabem o dia de amanha eles sabem q estão condenados a morte mais é logico q hoje tem meios q as pessoa spodem se cuidar e impedir q essa doença se avance, mais eles mesmo com tudo isso vivem..então acho que a vida ñ acaba por causa dessa doença as pessoas devem lutar e serem incentivadas para assim terem uma vida melhor, e viver uma vida normal

 
At 30 Maio, 2009 04:16, Anonymous Anónimo said...

voçe que diz que esta desesperada!procure ajuda numa igreja evangelica seria,eu estou com uma sobrinha internada, tentou se matar,mas eu e outra irma temos a noçao dela esta nessa situaçao nao da pra explicar tudo.alias, porque vcs ficam anonimos?

 
At 16 Junho, 2009 13:11, Blogger natalia said...

oi meu nome e natalia,moro em montes claros minas gerais,estou estudando a esquizofrenia,me formo ano que vem em pedagoga,gostaria de saber mais e mais ,pois como educadora gostaria de poder ajudar,com o pouco conhecimento que tenho.gostaria de saber o maximo que puder.obrigado

 
At 16 Julho, 2009 19:25, Anonymous Anónimo said...

meu nome e Romualdo sou evagélico sou músico e cantor ja com CD gravado mais infelismente tenho um filho que tem esquizofrenia e vive ouvindo vozes, e ja agredio duas pessoas. Confesso que perdie o prazer de viver, não sinto mais vontade de cantar ou tocar um instrumento p/ DEUS. Me ajude em nome de JESUS.

 
At 18 Outubro, 2009 18:32, Anonymous Anónimo said...

tenho 2 irmãos esquizofrenicos,1,estar controlado e trabalha, o outro passou 5 anos controlado mas apos a morte do pai, ele surtou e ja estar a 5 meses em tratamento, e ainda não encontramos uma solução.mas estamos com fé, e já percebemos uma melhora nele

 
At 21 Outubro, 2009 02:24, Anonymous Anónimo said...

boa noite
ao meu irmao foi-lhe diagnosticado esquizofrenia ha 3 anos..
de inicio pensei que fosse uma simples depressao, porque ele isolava-se muito dos nossos colegas de escola.. mais tarde começava a dizer que as pessoas o perseguiam e que todo o mundo olhava para ele, inclusivé dizia que tinha medo de se peidar porque as pessoas cheiravam e gozavam com ele. perguntava-me sempre se ele cheirava mal e afirmava de pes juntos que cheirava mal quando nao cheirava..
estas manifestaçoes foram evoluindo quando um dia começou a meditar sozinho.. um dia começou a dizer que falava com os anjos da guarda, via e falava com anjos e que tinha entrado em contacto com extraterrestres que o tinham raptado.. a pior crise que ele teve foi rezar a altos berros e ficou mais de 24 horas em pe sem comer nem beber afirmando que o que ele tava a fazer era uma ordem vinda de deus.. ele ja foi varias vezes internado.. hoje esta controlado apesar de dizer que recebe mensagens de deus para salvar o mundo.. toma medicação diaria e leva uma injecçao mensal...

eu, enquanto irmã, foi muito dificil ver esta evolução e não ppder fazer nada para ajuda-lo.. hoje custa-me imenso ver ele assim... sei que o menino que ele era e a pessoa que era antes da doença nunca mais surgirá, sei que ele mudou para sempre.. e todos os dias eu o ajudo e falo com ele acerca do que ele ouve e ve no mundo dele e tento compreende-lo mas torna-se muito complicado entrar no mundo dele.. so tenho uma certeza que aconteca o que acontecer eu estarei sempre do lado dele e vou tentar ajudalo da melhor maneira possivel...

 
At 18 Janeiro, 2010 00:31, Anonymous Anónimo said...

Boa noite!
Conviver com a esquizofrenia!é necessario que os especialistas na area de saude falem para o doente que ele deve tomar a medicação para controlar o comportamento agressivo,controlar as vozes a depressão mas para isso é o familiar deve procurar o CAPS para consultar a pessoa que está sofrendo de transtorno mental a situação muda para todos pode acreditar a convivencia como em toda situação deve ter ordem a familia deve ser disciplinada e buscar ajuda com o grupo multidisciplinar que existe no CAPS o doente vai ser atendido com a medicação também todo bairro tem atendimento a saude mental,muita oração,fé e persistencia.AMÉM?

 
At 18 Fevereiro, 2010 20:01, Blogger joao said...

rejane,campinas-sp
ó lá pessoal entrei neste site para ouvir uma orientaçâo sobre a esquizofrenia,pois tenho uma irmãque surtou aos 18 anos.hoje aos 25esta quase invalida por causa desta terrível doença.era uma menina linda,terminou o ensino medio e quando estava se preparando para a universidade,ficou doente.mas nós estamos aqui para apoia-lá até o fim....

 
At 28 Março, 2010 15:38, Anonymous nana said...

estou trabalhando, por uns dias com o grupo de ajuda para pessoas q vivem sozinhas sem parentes q possa apoiá-las, a paciente q me encontro é esquisofrênica, já tem uns 54 anos... Ela vive sozinha em uma casa e, somente nós q cuidamos dela; é mto delicado pq ela näo qr tomar banho, näo qr comer, com mto sacrifício toma os medicamentos, é agressiva algumas vezes...Gostaria mto de uma orientacäo de como conquistar sua confianca pq tem vezes q nem na casa consigo entrar, muitas vezes ela substitui a alimentacäo por cigarro!!As vezes tenho medo confesso, por näo me sentir preparada o suficiente mas gostaria mto de poder ajudar essa pessoa, ela me parece mto triste, isso tbm me entristece mto; tem mto profissional q devido a situacäo tem q agir de forca bruta pra impor um limite mas se possível, qria aprender a convencê-la sem ter q chegar a esse extremo, näo conseguiria, vai contra tudo q acredito e amo.Confesso q estou meio q perdida, näo sei se conseguirei continuar por mto tempo pq me dói mto ver alguém nessa situacäo e täo pouca gente se sensibiliza...Por isso q peco orientacäo por näo ter a menor idéia de como agir. Obg

 
At 04 Maio, 2010 21:48, Anonymous Anónimo said...

Encontrei um homem maravilhoso, depois de várias agressões verbais resolvi terminar o relacionamento. A mãe dele me confidenciou sobre a
doença que ele tinha "a esquizofrenia". Nós nos apaixonamos muito.Nunca disse a ele que sabia de sua doença. Ele sempre me dizia que tinha depressão,
mas que não precisava de medicação. A mãe dele tb disse
que ele se negava a tomar medicação. Gostaria de poder continuar a relação com ele, mas tenho muito medo. Não sei como lidar com pessoas assim. Será que devo dizer que sei de sua doença e queria ajuda-lo, para poder vivermos felizes. O que fazer? me
ajudem!

 
At 04 Maio, 2010 22:09, Anonymous Anónimo said...

PUBLIQUEM ARTIGOS SOBRE RELAÇÃO
AMOROSA COM OS ESQUIZOFRENICOS.
NAMOREI UM RAPAZ ESQUIZOFRENICO
ELE TINHA COMPULSÃO POR SEXO E QUANDO EU NEGAVA TER RELAÇÃO ELE FICAVA MUITO AGRESSIvO, NÃO SABIA
COMO LIDAR COM ISSO E EMBORA O AMASSE RESOLVI TERMINAR O RELACIONAMENTO. SOFRO MUITO COM
ISSO E QUERIA PODER AJUDÁ-LO. SEI
QUE TB. ELE ESTÁ SOFRENDO MUITO PORQUE ME AFASTEI DELE. ME AJUDE!

 
At 02 Agosto, 2010 07:28, Anonymous Anónimo said...

Meu nome é Demian, pedí um tempo pra minha noiva, não aguentava mais a mãe dela, portadora dessa doença, na casa dela fazem tudo o que a mãe quer, isso inclui todos os rituais, acham melhor assim, visto as crises que ela dá. Fechamento e lacre de janelas, horários de 22h para estar em casa, a 3 anos me relaciono com ela, ela é uma mulher de 28 anos mais é tratada como se tivesse 5 anos. A 3 anos vivo limitado, tendo que ouvir calado os ataques morais e físicos da mãe a filha que releva todo o tempo. O pai, não se importa visto que pra ele é mais conveniente ter a mãe no encalço da filha ao encalço dele. Certo dia perdi a cabeça quando ví a mãe com a mão fechada para dar um soco na filha, já vi muita coisa e aguentei calado, desta vez entrei na frente e pedí que ela batesse em mim. Ela não fez nada, mas a vontade era de sentar a porrada nela, pois é uma covarde e a filha nessa inércia começou a me irritar. Estava pronto pra casar mas acho que não quero isso pra mim, apesar de gostar muito dela. Estou com aceleração cardiaca com essa mulher, a muito não viajo, não vou a praia, não frequento festas, tenho estado deprimido, pois mesmo nesses lugares a mulher liga o tempo todo pra minha noiva e não dá paz, se desligar o tel ela agride quando chega em casa, humilha e chinga. Pedi um tempo pois vou acabar sentando a porrada nesta fdp, já fui humilhado em público e fiquei calado por consideração, mais ela não tem limites, adora animaizinhos, trata-os melhor que a própria filha. Se algum profissional puder dar umas orientações agradeço, pois 3 anos de relacionamento meus estão indo pro ralo. email - dnascimento_direito@yahoo.com.br

 
At 07 Agosto, 2010 19:48, Anonymous Anónimo said...

Estou desesperada, meu filho de 15 anos desde abril desse ano 2010, esta apresentando surtos ja tentou se suicidar 3 vezes, os médicos ainda não me disseram que é esquizofrenia mais as bulas dos remédios que ele toma são para isso, a 8 dias atraz um surto desses quase levou ele a morte, comprou uma gilete e foi no mato se esconder para se suicidar achamos ele com os dois pilsos contados ja em choque quase morto, ontem dia 06/08/2010,enternamos em uma clinica psiquiatrica, estou desesperada, em um dos surtos ele acusou meu marido que é padrasto dele de estrupo disse que aos 8 anos ele tinha sido estrupado pelo meu marido , depois negou e agora no surto acusou de novo e antes de entrar para clinica negou novamente ,ele tinha um cachorrinho que ele gostava muito e esse cachorro sumiu agora nesse ultimo surto ele falou que inforcou e esquartejou o cachorro, estou em pânico não sei no que acreditar, por favor se alguem com esperiencia puder me ajudar ,tudo isso começou em abril desse ano em novembro do ano anterior eu mãe peguei ele cheirando thinner e de la para ca estavamos tratando ele como dependente de inalante, mas os medicos insistem em dizer que ele não é um dependentre quimico que oque levou ele a usar inalante ja é esse disturbio , ele nunca reptovou, de ano mais sempre foi muito isolado e demonstrava ser triste. hoje ele esta na clinica psiquiatrica e eu estou desesperada será que esta certo eu deixar levarem ele para lá, estou quase me separando do meu marido, tenho medo do que meu filho falou e depois desmente oque devo fazer??

 
At 12 Outubro, 2010 20:54, Anonymous Anónimo said...

gente somente muito amor e fe em deus pois é uma doença muito dificil de lida .tenho uma irma q é doente tb e eu sou a responsavel po ela . sofro mkuito mais tenho muita fe em deus . oimportante é vc ama a pessoa eu amo a minha irma e nunca vou abodona ela fiquem com deus.

 
At 16 Outubro, 2010 00:32, Anonymous Anónimo said...

tenho uma filha esquizofrenica e estou a ponto de enloqueçer.Gostaria de saber o que é realmente essa maldita doença oq acontece na mente do ser humano pra q ele fique nesse estado.Ela acha q pode tomar conta de tudo,q basta ela apresentar o RG nos lugares e vão dar a ela tudo q ela quiser.Diz q tem o patrio poder q simplesmente é a erdeira de toda a riqueza do mundo.Estou sofrendo muito pois sou sozinha e tudo sou eu pra resolver.me diz pelo amor de Deus q coisa é essa ,preciso muito de ajuda.

 
At 07 Novembro, 2010 03:50, Anonymous Anónimo said...

Tenho um filho de 26 anos formado em direito que após uso de drogas desencadeou a esquizofrenia. Meu pai que faleceu esse ano sofria da mesma doença. Ele tem resistido ao tratamento e tivemos que aplicar uma injeção prescrita pela médica contra a sua vontade, que deve ser tomada a cada 15 dias. Isso gerou muita revolta nele que ameaça ir a policia caso tornemos a aplicar a injeção. O que fazer? Tenho sofrido muito, mas sei que ele precisa tomar o medicamento. Gostaria de compartilhar esse problema com outros pais que vivem esse mesmo sofrimento. Até os parentes mais próximos se afastaram dele.

 
At 15 Dezembro, 2010 15:23, Anonymous Anónimo said...

olá, meu nome é Jorge

Tenho uma esposa que é esquizofrenica, gente, como ta dificilas vezes eu não sei mais o que fazer... me sinto taum impotente.. busco tentar ver informações, mas é taum complicado... ela fala um monte de coisa de mim... de minha familia.. as vezes eu não sei o que fazer... Mentalizo Jesus em mim.. e peço misericórdia dela... se alguem estiver com o mesmo problema por favor envie email pra mim.. jorlima@fas.curitiba.pr.gov.br

 
At 20 Dezembro, 2010 13:25, Blogger Marden Carvalho said...

Queridos leitores, antes de mais nada quero explicar através de uma frase o que me motivou a escrever este comentário. Foi uma frase de Júlio Ribeiro: “ O homem que se sabe servir da pena, que pode publicar o que escreve e que não diz a seus compatriotas o que entende ser a verdade, deixa de cumprir um dever, comete o crime de covardia, é mau cidadão.” Diante disso, não poderia ficar calado, me tornando um covarde.

A medicina convencional (materialista para mim) muito progresso tem feito em benefício da humanidade, mas continua ainda negando a ciência espiritualista que o Racionalismo Cristão vem difundindo há mais de um século. Continua atribuindo as doenças psíquicas como sendo originadas no cérebro. Dai ocorre que a medicina convencional trata apenas dos sintomas, porque desconhece ou ignora a causa, que é o espirito, portanto imaterial.

Luiz de Mattos, fundador do Racionalismo Cristão, já dizia: “Os distúrbios do Espírito não se curam com drogas nem com eletrochoques, pois a causa não está no corpo físico e, portanto, é inútil usar-se terapêutica material. (Luiz de Mattos, Pela Verdade: a ação do espírito sobre a matéria, 1983, p. 75-79).”

E para aqueles que realmente desejam estudar e conhecer uma nova visão do problema, até hoje pouco entendido pelos médicos materialistas, recomendo o estudo desta doutrina filosófica e ciência espiritualista denominado Racionalismo Cristão. Deixo também uns escritos de uma medica e estudiosa desta doutrina: Esquizofrenia: o dualismo entre o materialismo e o espiritualismo e A ciência materialista singrando mares nunca dantes navegados, Glaci Ribeiro da Silva.

Estudem enquanto há tempo. Estudos feitos pelo Racionalismo Cristão demonstra que em alguns casos, depois de 7 anos ou mais com a doença, o cérebro poderá sofrer sequelas que podem (ou não) se tornar irreversíveis os danos causados. Os links deste artigo poderao conseguir no meu blog: http://marden.co.cc. Um forte abraço a todos.

 
At 20 Dezembro, 2010 13:28, Blogger Marden Carvalho said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 19 Janeiro, 2011 15:16, Anonymous Anónimo said...

Tb eu lido c um marido que tem esses sintomas.Penso que na familia existem esses sintomas mas é tudo encarado como normal.Tive cenas da violencia mas recorri a Ass. de violencia.Mas o mais grave é que consideram normal e os outros elementos fingem ignorar.Não vai ao médico e nem assume a doença.È grave e triste.Pois elementos de familia partem pratos ,batem em filhos de 26 anos,a agressao verbal é o prato do dia.Estou a tentar não perder a m sanidade.Q dizer eu é que consulto o médico.È grave.

 
At 24 Janeiro, 2011 13:39, Anonymous Anónimo said...

ola eu tenho um irma esquizofrenica nao sei como ajudar pois tudo que faço parece que nao e nada saio passeio com ela mas ela sempre triste,me sinto impotente com essa situaçao.obrigado...

 
At 11 Fevereiro, 2011 01:09, Anonymous karla said...

So quem tem uma pessoa esquizofrenica na familia sabe como e triste e dificil a doenca.Meu irmao foi internado hj,minha familia esta arrasada e minha querida mae nao para de chorar.Gente ,estamos convivendo com essa doenca ha 9 anos,e so DEUS para ter misericordia e nos dar forca,porque e terrivel.

 
At 24 Fevereiro, 2011 13:11, Anonymous patricia said...

tenho uma filha de apenas 9 aninhos de idade e esta apresentando sinais desta maldita doença choro todos os dias pois nao sei como lidar com isto estou desesperada se alguem puder me ajudar agradeço

 
At 04 Abril, 2011 17:48, Anonymous Anónimo said...

Meu pai tem esquizofrenia, e é muito difícil lidar com ele, porque as vezes o comportamento dele é violento com minha irmã, principalmente, e agora com meu sobrinho.Gostaria de ter mais informações para poder saber como agir.

 
At 12 Abril, 2011 18:56, Anonymous fabiana said...

por favor me ajudem!!!meu tio éESQUIZOFRENICO,psicotico e agrecivo a esposa se separou e nunca mais ele voutou a realidade os pais sao idosos sem condiçoes de cuidar dele ele tem 50 anos a casa dele esta vazia e ja quebrou o piso todo fugil varias x a familia conseguil internar numa clinica de graca em itaborai (ego )deram licenca pra ele como sempre fugil depois de 7 dias encomtraran voltou p/clinica ja esta la a mais de um ano mas esses dias a moça ligou dizendo p/busca-lo se nao fossem trariam en casa sendo que ele so toma o medicamentos injetaveiz la na clinica o a familia sempre vai visitar todos domingos.ele tem 50 anos os filhos nao querem saber pois ja sofreram muito dinheiro nao temos o que fazemos nos ajudem por favor

 
At 12 Abril, 2011 19:05, Anonymous Anónimo said...

os mais recentes tem que ser lidos okkkk

 
At 13 Abril, 2011 04:47, Anonymous izaneide said...

eu tenho um filho que. surgiu aos 14 anos,as vezes não sei com lida.mais levo ao medico.ele toma, a medicações as vezes.esta em cresses.mais eu deixo ele ir a escola. faz o tratamentos.levo para,os passes.joga bola brinca com as crianças.como se ti verse a mesma idade,dele. hoje ele tem 28.mais é um problema.não tenho quase apoio,não vivo com o pai dele. já imagina, o meu.marido não em tendi

 
At 13 Abril, 2011 05:15, Anonymous izaneide said...

gostaria:de deixa.amo meu filho.só não sei quando Deus; mim levar como vai ser. já; aposentei.tem passe livre.tem um quarto. com tudo que ele gosta.ele adora cantar.fico triste por ele,mais vou levando.tenho mais 4 as vezes eles ajudo.dez culpa pelos erros.só sabe quem passa.faço tratamento.junto com ele pra não.fica sem em tender.nada

 
At 16 Abril, 2011 01:04, Anonymous Anónimo said...

voce que ainda nao casou com um esquizofrenico naonao nao nao nao case porque e complicado demais e com a idade avançando a coisa piora eu sou casada com um e sei bem o que e

 
At 09 Maio, 2011 21:12, Anonymous Anónimo said...

meu namorado tem esquisofrenia mais ele fala que to traindo ele tem muito ciumes se olhar para o lado fala que to olhando para outro homem ja me agrediu fala tambem que eu quero matar ele, nao sei o que faço porque eu gosto muito dele e nao tenho coragem de terminar mais estou com muito medo dele fazer alguma coisa ruim comigo por causa da doença,o que devo fazer?

 
At 04 Junho, 2011 12:44, Anonymous Anónimo said...

OLA, MEU MARIDOTEM ESQUIZOFRENIA, ESTAMOS JUNTOS A MUITO TEMPO E ACABEI ENGRAVIDANDO, FOI UM DESCUIDO, TENHO MUITO MEDO DO MEU BEBE VIR A TER O MESMO PROBLEMA .
QUAIS AS POSSIBILIADES DO MEU BEBE TER O MESMO??? O PAI DO MEU MARIDO TBM TINHA, E ELE TEM UM IRMÃO MAIS VELHO Q NÃO TEM...ESTOU PREOCUPADA.
OBRIGADO....

 
At 23 Junho, 2011 21:48, Anonymous Anónimo said...

OLÁ MEU NAMORADO ESTA PREOCUPADO POIS AS VEZES NÃ CONSEGUE TER EREÇÕES ,ENTÃO COMEÇAMOS A TER CRISES NO RELACIONAMENTO POIS ACHA QUE NÃO É MAIS HOMEM PARA PODER ME SATISFAZER O QUE DEVO FAZER COMO DEVO AGIR ME AJUDE

 
At 26 Junho, 2011 06:41, Anonymous Anónimo said...

É muito difícil conviver com um esquizofrenico, pois vc nunca sabe quando pode dar o surto e muitas vezes esse surto vem com uma violência gratuita por parte do doente, um um minuto esta tudo bem no minuto seguinte vc já não sabe. Pois quem tem esse problema com algum familiar é bom ficar bem atento, pois a reação deles não é tão pacífica assim. Tenho um caso em minha casa, quando a pessoa esta em seu estado, vamos dizer "normal" é tranquilo, mas quando dá o surto, temos que fechar o gás, guardar as facas, enfim, tudo que é perigoso, pois geralmente o esquizofrenico ataca os outros, não a si próprio. Quando o surto acontece, não adianta nada vc dizer que esta tudo bem, que isso vai passar, tem mesmo e que se cuidar e procurar tratamento urgente para quem tem esse problema.

 
At 02 Julho, 2011 02:40, Anonymous Anónimo said...

uma pessoa com esquizofrenia que toma a medicação não é violenta como as pessoas veem aqui dizer.São pessoas normais que tem que tomar a medicação a tempo e a horas e ir sempre ao psiquiatra que o anda a tratar,digo isso porque tenho esse problema.

 
At 02 Julho, 2011 03:07, Blogger alexandrealiro said...

Gostaria de mais informações pois tenho um comportamento estranho, não escuto vozes mais as vezes estou em um mundo diferente e minhas atitudes tem consequencias desastrosas emprestimos gastos, e depois sinto como se não foce eu não sei explicar, e as minha familia não entende!

 
At 10 Julho, 2011 01:22, Anonymous Anónimo said...

sinto me estranho tenho algumas alucinações fico as vezes como se estivesse drogado não ouço vozes meus pensametos se confundem muito tenho medo de machucar algum familiar pois me vejo os atacando nas minhas alucinações não há silencio nos meus pensamentos a estranhesa é horrivel é como se esse mundo não houvesse mais espaço para mim penso em suicidio

 
At 20 Outubro, 2011 15:36, Anonymous Anónimo said...

meu pai esta sofrendo com esta doença e não sabemos como ajudá-lo ja que ele nao aceita fazer o tratamneto e tambem nao temos recursos financeiros para tal, como faço p procurar ajuda? existe alguma forma de receber a madicaçao e ser administrada em casa mesmo?

 
At 31 Outubro, 2011 21:02, Anonymous Anónimo said...

Olhem gente não é nada fácil lidar com pessoas esquisofrênicas, principalmente com aquelas que não aceitam ter a patologia. E não adianta dizer que é algo espiritual, que se deve ir a igreja, porque não é bem isso. A esquisofrenia é uma doença psiquiátrica na qual o cérebro doente faz com que o portador da mesma aja de maneira ilógica,fugindo da realidade, ficando impossível destiguir experiências reais com a imaginária. É uma doença comprovada e tem tratamento. Digo isso por experiência própria tenho uma mãe que possui esquisofrenia. Ela em suas crises psicóticas fica muito agressiva, dizendo coisas sem sentindo, muitos palavrões, caso de ciúmes exagerado, de que alguém quer o mau dela, de que está sendo perseguida, entre outras. Também não aceita que tem a doença e não aceita tratamento. Não adianta gritar, brigar, porque você só tem a se estressar. O esquisofrênico sempre acha que está com razão. O melhor a se fazer é deixa-lo com suas crises, e em caso de agressão moral ou física contra alguém ou contra a sí mesmo, o melhor a se fazer é pedir pela internação da mesma para o bem de todos. Espero que esse meu comentário possa ajudar a outras pessoas que também passam por este grande problema que causa tanto sofrimento a todos.

Emerson 25 anos, Rio de Janeiro/RJ

 
At 12 Novembro, 2011 15:57, Anonymous Anónimo said...

Gente, que doença dificil, hem! Parece algo debochado as vezes... temos uma situação na familia... minha mae adotou uma criança recenascido, hj com 25 anos. Ha 12anos estamos enfrentando serios problemas... tudo q esteve ao alcance de nossa familia, ja foi feito em questao de procurar tratamento... ele toma remedio e graças a Deus nao se nega a isso... Ele ja agrediu fisicamente minha irmã com faca, a minha mae e ha pouco tempo tentou me bater... a principio eu fique com muito medo... tentei sair de casa mas, pensei na minha irma que ficaria com minha sobrinha de 7 anos... ganhei forças em deus e estou enfrentando... Infelizmente nao posso dizer hj q gosto dele... sinto pena, raiva...uma mistura de sentimento... minha mae q mora no interior sofre com tudo isso, principalmente pq perdemos o nosso pai recentemente e assim ela se sente mais fragilizada... ai gente!! ja nao aguento mais.... agora ele disse q vai morar soinho em uma kitnet... nao sei por qto tempo isso vai durar... ele quer trabalhar mais nao consegue emprego pq nao passa o psicotecnico e os medico nao dao atestado de incapacidade... ta muito dificil... ai desabafei!!!

 
At 21 Novembro, 2011 21:05, Anonymous Anónimo said...

Tenho uma irmã com esquizofrenia. Mandei à merda. Quem quiser que aguente!

 
At 09 Dezembro, 2011 18:57, Anonymous Anónimo said...

gente é muitooo dificil mesmo tenho um irmao assim ja chorei tanto mais tanto procuro sempre da bons conselhos pra conselhos pra ele só eu q tenho paciencia a minha unica esperança é em DEUS pois as vezes penso q nao terei mas como ajudalo ;nao quero perder ele ajudem seus familiares pois eu sei como é taooo dificil

 
At 15 Dezembro, 2011 19:39, Anonymous Anónimo said...

minha mae e esguisofrenica pior gue de 4 irmaos eu gue ela pegou pra cristo guanta calunia quanta maldade ja ouvi tanta coisa mudei de cidade parei de ligar ela veio morar aqui eu figuei calada falava so o nesesario mesmo assim ela me maguou eu tomo calmante sofro tenho tenssao emosional nao sei oque faser ela nao quer se tratar nao toma remedio eu estou tomando pra aquentar ela ESTOU DESANIMADA VONTADE DE ME ESCONDER DELA.

 
At 21 Dezembro, 2011 14:58, Blogger nan said...

meu irmão tem esquizofrenia, e muito difícil. muitas família brasileira não tem uma preparação p/ lidar com essa doença. ele muda de comportamento a todo momento,hora esta dócil, hora muito brabo, e não gosta de ser enfrentado, p completar ainda e muito forte, as vezes agressivo por demais. não sei como lidar, pois morava com minha irma, e tem pouco tempo comigo

 
At 21 Dezembro, 2011 14:58, Anonymous Anónimo said...

Amigos, convivo com um marido esquisofrenico há mais de 18 anos e sei que não é fácil. Ele já internou 2 vezes e graças à essas internações e o fato de eu trabalhar na área da saúde ele tomou consciência da doença e toma os remédios direitinho. Ele ainda tem alguns comportamentos difíceis como intolerância baixa à frustração e autoritarismo, mas aprendi também a lidar com isso, ou seja, ignoro algumas coisas e outras eu finjo que estou concordando com ele... A melhor coisa que fiz foi fazer com que ele tivesse real noção da doença dele! Sei que ele jamais será uma pessoa normal e agora ele também sabe. Ele sofre com isso eu sei. Creiam, eles sofrem!!! Uma vez meu marido me disse: é muito ruim vc não ser dono nem da sua mente. Pensem nisso. Não é fácil, mas o sofrimento pode ser amenizado. Boa Sorte a todos. Abraços.

 
At 03 Janeiro, 2012 20:05, Anonymous Anónimo said...

Tenho um caso de esquizofrenia na família: meu irmão. Os relatos são todos muito parecidos. O esquizofrênico se volta até contra as pessoas mais próximas e desconfia de tudo e todos. Para sabermos lidar melhor com esquizofrênico, é importante que conheçamos muito bem a doença, que a entendamos o máximo possível, pois para uma mente sã, algumas coisas não têm cabimento e, por isso, tendemos a intolerância. Sei que é difícil ficar calado diante de certos comportamentos e besteiradas que são ditas. Eu confesso que não sei lidar, ainda, com uma pessoa próxima que possui a doença.

Seria muito importante que os especialistas no assunto opinassem.

Um alerta: esquizofrenia ao contrário do que um ou outro disse, não é doença espiritual. É doença psquiátrica, que deve ser tratada por médicos, medicamentos e terapia. A religião, em alguns casos, pode até piorar o estado do doente, que muitas vezes tende ao fanátismo.

O pastor que disser que o esquizofrenico está possuído por algum ente, é um irresponsável e ignorante. Se não sabe o que diz, cale-se e vá estudar.

 
At 10 Janeiro, 2012 20:44, Anonymous Anónimo said...

venho descobrindo frequentemente que o meu filho apresenta caracteristicas de esquizofrenia;portanto,sofro muito com essa situação.Faço tudo para agradá-lo mas ele não reconheçe,só me agride.gostaria de receber ajuda de um psiquiatra no sentido de que eu poça viver em paz.
Pois,este comportamento do meu filho está me deixando doente e muito triste.
Espero em deus para solucionar este problema.
Assim seja!

 
At 21 Janeiro, 2012 22:44, Anonymous Anónimo said...

Gente meu pai tá apresentando alguns dos sintomas de esquizofrenia, já atestado por um psiquiatra, mais ele não quer reconhecer que tem essa doença, e tá cada dia pior a convivência com ele. Minha família e eu não sabemos como lidar com ele.

 
At 29 Janeiro, 2012 01:01, Anonymous Anónimo said...

de que adianta tanto comentario se ninguem responde?

 
At 26 Março, 2012 01:18, Anonymous Anónimo said...

realmente nao sei para que postar algum comentario se ninguem da alguma orientacao, alguem da area para orientar os que estao pedindo ajuda para lidar com este tipo de problema.

 
At 02 Maio, 2012 12:09, Blogger Pollyanas Kaister said...

quero respostas de todos esses comentarios.

 
At 02 Maio, 2012 12:11, Blogger Pollyanas Kaister said...

quero saber alguma resposta ai sim mas ate entao so perg...

 
At 09 Maio, 2012 17:56, Blogger Entre dois polos said...

Tenho uma tia com 72 anos diagnosticada esquizofrenica e precisando muito de internação, pois nunca aceitou tratamento. A mesma mora sozinha e vêm apresentando gravidade em seu estado a cada dia, ficando cada vez mais fraca e desorientada. Temos a curatela da mesma, mas infelismente não conseguimos interna-la, se alguém puder nos orientar aguardecemos. Somos de Curitiba. Meu e-mail é smaciel2@yahoo.com.br

 
At 17 Maio, 2012 09:44, Blogger Cat Rock said...

Oh gente, mais atenção. Em primeiro lugar deviam ter reparado que esse blog foi feito em 2006 e os autores nunca mais postaram nada, o que significa que nunca mais devem ter prestado atenção ao blog.

Em segundo lugar, se vocês sentem que estão a ter sintomas, ou alguém próximo de vocês, de esquizofrenia, ou se alguém foi diagnosticado, não procurem ajuda em blogs. Procurem grupos de ajuda perto da vossas casas, que possam frequentar. Se não houver, criem vocês próprios um grupo, divulguem e esperem que mais alguém se junte e comecem a partilhar experiências.

A esquizofrenia é uma doença muito séria e muito grave para ser tratada em blogs.

Se cuidam de alguém com esquizofrenia, diagnosticada ou não, devem falar com psiquiatras e com psicólogos. Lembrem-se que a esquizofrenia vem muitas vezes associada a depressões e outro tipo de distúrbio.

Se o paciente recusa a medicação, não ignorem. Tentem dar disfarçada, qualquer coisa. Em último caso, pensem no internamento compulsivo, se acharem que a vossa integridade física ou a do paciente, pode estar em causa. A esquizofrenia pode, nos casos mais severos, levar à morte! Cerca de 10% dos doentes se suicida e quase 50% faz uma tentativa pelo menos uma vez na vida.

Não procurem ajuda em Deus ou no santinhos. A esquizofrenia é uma doença que não tem cura. Podem apenas ser controlados os seus sintomas com medicação do psiquiatra e feita de forma rigorosa e ir-se ajustando com o tempo. O tratamento da esquizofrenia também passa pelo acompanhamento psicológico do doente e por terapias ocupacionais. É um tratamento para toda a vida.

 
At 17 Junho, 2012 20:21, Anonymous Anónimo said...

ola, o meu irmao tem sintomas de esquizofrenia, descobrimos a poucos dias porque o comportamento dele nao é normal e nós cá em casa pesquizamos na intenete e os sintomas são iguas.O que eu cria saber é onde eu tenho que ir para comessar a tratar o meu irmao, ao medico de familia ou a outro espesializado?

 
At 03 Julho, 2012 13:23, Anonymous Anónimo said...

Verdade seja dita é que a internet acaba sendo o único socorro, já que o Estado deixa os doentes e suas famílias à míngua. Esquizofrenia é uma doença muito séria para ser tratada em casa, pela familia. Se o Estado pretende desinstitucionalizar os doentes mentais, primeiro teria de trabalhoar para que esses doentes tivessem autonomia. Isso não é de forma nenhuma feito, tem-se o Caos. Já que o Estado não se responsabiliza, eu sugiro às famílias, que já estão desestruturadas, que abandonem seus doentes, não importa o que venha a acontecer com eles.Ou com quem estiver por perto...

 
At 10 Setembro, 2012 03:28, Anonymous Anónimo said...

tenho uma irma com trnstorno mental. o medico ainda nao nos disse o laudo, mas tudo indica ser esquizofrenia. qdo ela teve o sulto, ela mesma me procurou dizendo que estava ficando louca e ela mesma se autodiagnosticou. ela sempre foi uma pessoa mto fechada, dificuldade de socializar e acredito que uma depressao deve ter desencadeado tudo isso. ela faz tratamento no caps...e tbem fazemos o tratamento espiritual na igreja evangelica. creio em nome de JESUS que o DEUS vai restaurar a mente, o psicologico dela. nao e facil lidar com isso...mas a fe em JESUS nos motiva.

 
At 17 Setembro, 2012 18:27, Anonymous Anónimo said...

Acredito que seja difícil de lidar com a doença, mas é muito mais complicado lidar com o estigma que essas pessoas sofrem, inclusive nos familiares aqui somos todos anónimos. A doença sendo tratada com um bom especialista sim descuidar a medicação, o paciente pode levar uma vida "normal", e verdade que custa lidar com a doença já que deverão sempre tomar cuidado com recaídas já que se trata de uma doença degenerativa, é muito importante sempre estar de olho nos sintomas positivos e assim poder ajudálo.

 
At 22 Setembro, 2012 03:49, Anonymous Anónimo said...

Primeiro um forte abraço a todos.quero dizer, a doença da esquizofrenia de fato,precisa ser entendida pelos familiares e responsáveis, é um assunto difícil até de se comentar.Todos tem que estar ligados,formando uma unidade no sentido de se fortalecer,a troca de resultados,entre famílias que tem portadores,traz energia e tira o peso da consciência.Eu participo e recomendo,o programa de neuróticos anônimos.agcardosonunes@hotmail.com

 
At 05 Fevereiro, 2013 21:55, Anonymous luiz claudio dantas said...

Queridos(as) me junto a vcs nesta semana,pois temos nossa maezinha agora neste quadro médico,e estamos prontos a aprender com vcs tbm,como lidar em casa com esta importante situçao,oramos por todos vcs que tbm foram incumbidos desta missao de amor!parabens por este espaço livre,meu email é luiz.claudio.dantas@hotmail.com
ficarei mto grato com sugestoes de ensinamento pratico e orientaçoes ,moramos em belo horizonte,mamae ja completou 76 anos graças a DEUS,abcs

 
At 01 Março, 2013 13:06, Blogger Jana Almeida said...

Me respondam uma dúvida, meu psiquiatra suspeitava de esquizofrenia, me mandou tomar risperidon e eu melhorei. será mesmo que o meu tormento além da depressão psicótica era a esquizofrenia junta? porque assossiando antidepressivo e antipsicótico, eu me sinto bem, não sinto mais vontade de me matar, não trato mais mal os outros MUDEI LITERALMENTE. mas se eu parar a medicação volto pro lado ruim da minha vida... será isso mesmo? compartilhem experiências, meu médico e daqui a poucos dias mas acho legal descobrir novas opiniões

 
At 23 Julho, 2013 04:24, Anonymous Anónimo said...

Por favor,gostaria de saber por que ñ conssigo ter paciençia com meu filho ,ele tem esquizofreniaas vezes tenho vontade de morrer pois meu filho precisa demais de minha atençãoe meu carinho mas quando ele se aproxima de mim fico irritada empurro ele nossa mi sinto muito mau com essa situação o que devo fazer?mi ajude pelo amor de Deus as vezes acho que vou enlouqueçer

 
At 31 Agosto, 2013 23:33, Anonymous Anónimo said...

eu nao conheço ninguem assim mas
deve ser muito dificel
lidar com uma pessoa assim estou a prestes de ser contratada para
cuidar de um senhor assim
e queria me aprofundar mais no assunto um abraço e obrigado

 
At 02 Novembro, 2013 19:45, Blogger patricia loiola said...

gostari de saber mas,pois acabo de descobri q meu sobrinho 15 anos e´ esquizobrenico,ele esta muito acresivo com pessoas q cuidao dele,por favor mim ajuda a lidar com a situação,estou desesperada e sem paciência

 
At 10 Dezembro, 2013 15:32, Blogger associacaodosreporteresrevistaeletronica said...

sou mãe de um rapaz esquizofrenico aparentemente é normal a convivencia mas sofro demais sinto-me impotente sem nada poder fazer

mas é meu filho eu o amodemais e vou continuar lutando..........


vanira regina vergani-joprnalista e publicitária são paulo brasil

 
At 06 Fevereiro, 2014 21:38, Anonymous Anónimo said...

tenho um irmão assim e não sei o que fazer para conseguir falar com ele e ele aceitar a minha ajuda. o que devo fazer?

 
At 02 Março, 2014 22:03, Anonymous Anónimo said...

anonimo
Meu sobrinho é esquisofrênico, ele não quer sair de casa. E com toda esta situação a mãe dele está usando remédios para depressão, pois tudo é muito pesado. ela só fica perto dele.E sinto que também ela está muito doente.Quero ajudá-la .faço muitas orações para eles.O que mais posso fazer?

 
At 30 Julho, 2014 16:22, Anonymous Anónimo said...

Me desculpa mas tu e um irresponcavel iguinorante e estupido procura saber sobre a doenca. Deus te abencoe

 

Enviar um comentário

<< Home